Home Colunas Dani Karasawa Quando o pop e o clássico se misturam

Quando o pop e o clássico se misturam

E-mail Print PDF
There are no translations available.

Os grandes musicais no Brasil estão em pé de igualdade com muitos no exterior. E uma cantora pop nikkei superou preconceitos para ser a estrela da reestreia de A Bela e a Fera, no Teatro Abril, a partir do dia 30 deste mês.

Os concursos de karaokê, comuns entre os japoneses e seus descendentes por todo o País foram os palcos para Lissah Martins descobrir que sua vida é cantar. Teve a ajuda mais do que fundamental de sua baa-chan (forma carinhosa de chamar a avó, em japonês) que era professora de canto e lhe deu as primeiras dicas para ganhar muitos concursos.

lissah1.jpgEm 2002, no programa PopStar (SBT), Lissah Martins (com o nome artístico Patrícia Lissa) foi uma das finalistas e integrou o grupo feminino Rouge. Um sucesso de vendas, batendo a casa dos 6 milhões de CDs comercializados. Mas a bela nikkei não queria apenas ser uma cantora. Estudou muito para integrar o elenco de Miss Saigon, que entrou em cartaz no Teatro Abril em julho de 2007 e foi um dos grandes sucessos da casa.

Neste ano, Lissah não perdeu a oportunidade de participar das audições para a nova montagem de A Bela e a Fera, da Disney, originalmente produzida para a Broadway. A atriz e cantora não sabe ao certo quantas concorrentes estiveram presentes nas audições, marcadas sempre em dias e horários alternados, mas sabe que ficou entre as seis finalistas. E qual não foi sua surpresa ao receber a ligação da equipe do teatro informando sobre sua aprovação para o papel da jovem e destemida (além de romântica) Bela.

Lissah assistiu como mera espectadora a primeira montagem de A Bela e a Fera, ainda em 2001, e ficou encantada com tudo o que pode ver. Ela confessa que se emociona até hoje ao colocar e vestido amarelo da personagem e iniciar a cena do jantar e da dança com a Fera, personagem interpretado pelo ator Ricardo Vieira.

Como fã dessa produção e que assistiu a primeira montagem com a atriz Kiara Sasso no papel de Bela, confesso que ver Lissah no papel principal mostrou um outro ponto de vista sobre a personagem. Ao assistir as três passagens da peça que foram encenadas durante a coletiva de imprensa ontem, no palco do teatro, vi uma Bela mais delicada, mais frágil, mas surpreendente na voz e no toque pessoal que deu à personagem, cuja concepção foi desenvolvida pela Disney. 

Não a reconheci como a cantora pop que surgiu para o Brasil como o grupo Rouge. Vi apenas uma bela e delicada atriz que tem um grande potencial para crescer junto com os musicais do País. 

E se você ficou curioso para assistir ao espetáculo A Bela e a Fera, ele entrará em cartaz no dia 30 de abril. Mais informações, você tem logo abaixo. Em tempos de concursos de cosplay cada vez mais disputados, assistir a um espetáculo como este é uma grande aula para os mais aplicados.

 

lissah2.jpg

Fotos: Ricardo Iagi 

 

Serviço

A Bela e a Fera da Disney

Teatro Abril

Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411, Bela Vista, São Paulo / SP

Dias e horários: quartas, quintas e sextas, às 21h00; sábados, às 17h00 e 21h00 e domingos, às 16h00 e 20h00

Duração: 2h40

Preços: de R$70~R$240 (meia-entrada para estudantes com comprovantes válidos)

Site oficial: www.belaeafera.com.br

Last Updated on Friday, 24 April 2009 15:03  

Comments  

 
0 # A magia dos contos de fadas 2010-05-09 21:32
Assisti na net algumas cenas da peça A Bela e a Fera e fiquei maravilhado com os personagens a desenvoltura da atriz Lisa Martins... ela trouxe toda uma inocencia para a personagem um Q de magia que ao mesmo tempo é uma linda camponesa mas com ar de uma fada... A peça em si é linda traz um grande ensinamento para todos que assiste... Poderiam promover uma nova temporada da peça para este ano