Home Competições World Cosplay Summit WCS 2011 - Repercussões, classificação geral e entrevista coletiva

WCS 2011 - Repercussões, classificação geral e entrevista coletiva

E-mail Print PDF
There are no translations available.

O tricampeonato brasileiro no World Cosplay Summit, conquistado no último domingo em Nagoya, repercutiu hoje na mídia brasileira e internacional. Veja também a classificação geral da final de 2011.

A final internacional do WCS 2011 aconteceu no último domingo na cidade de Nagoya, Japão, e teve a participação de cosplayers de 17 países. Os representantes brasileiros, Maurício Somenzari e Mônica Somenzari conquistaram o bicampeonato da competição, e somaram a terceira vitória brasileira na final internacional (2006, 2008 e 2011). Com a conquista os irmãos se tornaram a única dupla a vencer mais de uma vez a final internacional, e colocaram o Brasil de novo na frente no número de títulos, deixando para trás a Itália, detentora de dois títulos.

Durante o dia de hoje diversos veículos de imprensa nacionais e internacionais noticiaram a vitória dos brasileiros. Veja um pequeno resumo das notícias veiculadas (clique nos títulos para ler as matérias completas).

Anime News Network: Brasil vence o World Cosplay Summit 2011 - O site especializado em animes relata a vitória brasileira e informa a lista de juízes desse ano, que incluiu os dubladores Tohru Furuya, os editores especializados em anime e mangá Takaaki Kidani e Masaaki Nagase, os músicos do grupo JAM Project e o cosplayer Tatsumi Inui, que também é um dos administradores do site japonês Cure, especializado em cosplay.

Journal du Japon: Brasil vence o World Cosplay Summit 2011 - O site francês, especializado em cultura japonesa também relatou a vitória brasileira, informando que nossos representantes deixaram para trás as duplas da Itália (segunda colocada) e China (terceiro lugar).

International Press: Brasil é tricampeão mundial de cosplay - O site brasileiro, voltado para a comunidade nikkei, noticiou a vitória brasileira e enfatizou o fato de que essa é a segunda vitória da dupla brasileira na final internacional.

Crunchy Roll - Brasil vence a competição no World Cosplay Summit - O site, que transmite episódios completos de animes e filmes asiáticos, ilustrou a vitória brasileira com várias fotos, mostrando as duplas competidoras no palco e durante as atividades que antecederam o campeonato.

Primeira Edição - Brasileiros são campeões mundiais na maior competição de cosplay - O site de notícias com base em Maceió (AL) também exaltou a vitória brasileira.

G1 - Brasileiros são campeões mundiais na maior competição de cosplay - O braço na internet da Rede Globo de Televisão noticiou, ainda no domingo, a vitória brasileira no WCS.

R7 - Com roupas de Final Fantasy, dupla do Brasil é campeã mundial de cosplay - Da mesma forma o portal da Rede Record informou sobre o tricampeonato brasileiro, e ressaltou que o Brasil é o único país a deter três títulos da competição.

Diário Online - Brasileiros vencem concurso mundial de cosplay - O site, replicando as informações publicadas pelo G1, também informou sobre a vitória brasileira.

Mantan Web - World Cosplay Summit: Com ênfase na performance, estrangeiros mostram sua força - O site de notícias japonês publicou o relato mais completo até o momento sobre a final, com uma análise detalhada dos critérios que, na opinião de sua reportagem, levaram à vitória brasileira. Segundo o site as mudanças nas regras da final para este ano, que impuseram limitações ao número e peso de acessórios e cenários no palco, forçaram as duplas a usar de muita criatividade e priorizar a performance teatral em suas apresentações, e a interpretação teve um peso muito grande na análise dos juízes. O site também colheu depoimento de alguns dos juízes, como do dublador Tohru Furuya, que disse haver percebido a dificuldade das duplas com as restrições de peso e tamanho, mas que as soluções criativas encontradas pelos competidores elevaram ainda mais o nível da competição, pois os cosplayers foram obrigados a dar ênfase na expressão corporal, interpretação, diálogos e movimentação no palco. A matéria também trás uma classificação geral da final, apesar de o site oficial do WCS japonês ainda não haver publicado nenhuma informação a respeito. Veja abaixo a classificação publicada pelo Mantan Web.

#PaísPerformance
1 Brasil Final Fantasy XII
2 Itália Sugar Sugar Rune
3 China Dynasty Warriors 7
4 Austrália Vampire Hunter D
5 Coréia Sailor Moon
6 EUA XXX Holic
7 Japão Super Mário Brothers
8 Alemanha Kaleidostar
9 Tailândia Zangeki no Reginleiv
10 Cingapura Sengoku Basara 3
11 França Doors of Chaos
11 Espanha Romeo x Juliet
11 Finlândia Dynasty Warriors 7
14 Dinamarca Avalon Code
14 México Hanafuda
16 Holanda Mai Otome
17 Malásia Pet Shop of Horrors

* as classificações repetidas provavelmente denotam empate nas colocações.

Veja também a entrevista coletiva, concedida pela dupla brasileira ainda no Japão para os meios de comunicação presentes na final.

 

Fontes: Conforme citadas no artigo.

 

 

 

 

 

 

 

Last Updated on Tuesday, 09 August 2011 11:28  

Comments  

 
0 # RE: WCS 2011 - Repercussões, classificação geral e entrevista coletiva 2011-08-09 09:13
Pois é, apareceu em várias mídias.~
Mas não acredito que se apresentaram com Sugar Runeee *U* queria ver
 
 
0 # RE: WCS 2011 - Repercussões, classificação geral e entrevista coletiva 2011-08-09 14:03
Até agora só tem o video do brasil, o resto não tem NADA =/ povo lento pra postar as coisas... Vlw cosnet pelas informações!
 
 
0 # RE: WCS 2011 - Repercussões, classificação geral e entrevista coletiva 2011-08-09 21:02
Verdade, adoraria os videos dos outros paises mas até agora nada mesmo.
 
 
0 # RE: WCS 2011 - Repercussões, classificação geral e entrevista coletiva 2011-08-09 23:44
caraca, quantos sites *3*


quanto ao video: Pessoa faz pergunta.
Psy: Entao, a gent..Pessoa2: PARA PARA, vou traduz a pergunta.. *Psy chora* XD
 
 
0 # RE: WCS 2011 - Repercussões, classificação geral e entrevista coletiva 2011-08-10 14:46
Excelente e interessante artigo. Disso não cabe dúvidas. Uma pena o último artigo indicado não ter versão em inglês.