Home Colunas Dani Karasawa Quando o cosplay e a Moda se encontram

Quando o cosplay e a Moda se encontram

E-mail Print PDF
There are no translations available.

Influências japonesas na moda e na cultura ocidental são recorrentes a cada ano. O que causa novo espanto é quando a cultura pop também orienta criadores e suas criações.

Janeiro é um mês marcado pelos grandes desfiles brasileiros nas semanas de moda do Rio de Janeiro e de São Paulo. As grandes capitais inovam-se a cada estação para receber estilistas, compradores e toda a gama de personagens que estão inseridos nesse universo que deixou de ser de sonho há muito tempo e focou-se na perspectiva real do mundo dos negócios.
As faculdades de moda no País aperfeiçoam-se para formar profissionais mais completos e preparados e nos últimos anos, percebeu-se um novo tipo de motivação que leva estudantes a ingressarem nesses cursos: cosplay e cultura pop japonesa.


O Cosplayers.net conversou com Maurício Somenzari, cosplayer que já foi campeão mundial no World Cosplay Summit em 2006 e destacou-se no mundo da moda em 2009, estando entre os estudantes mais conceituados de sua instituição de ensino, participando de um desfile e surpreendendo comissão julgadora e plateia com sua coleção baseada nas ilustrações de Amano Yoshitaka.


Maurício sempre teve sua atenção voltada para roupas e acessórios e descobriu o mundo do cosplay em 2002. No ano seguinte participou de sua primeira apresentação de palco e não parou mais. Além do prêmio mundial, Maurício ao lado de sua irmã Mônica Somenzari, foi um dos primeiros cosplayers brasileiros a serem convidados por um evento estrangeiro e os dois já participaram de grandes competições no Brasil também.
O cosplay o ajudou a entrar na faculdade de moda entendendo os princípios básicos da confecção, como costura e acabamento, por exemplo. Utilizar Amano Yoshitaka em seu primeiro desfile foi uma necessidade, já que o artista japonês, conhecido mundialmente por suas ilustrações dos personagens da franquia de games Final Fantasy, é uma referência para Maurício desde os seus 10 anos. Mesmo assim, Maurício garante que não utilizou as ilustrações produzidas para o game, e sim, outros trabalhos de Amano para que isso não interferisse em sua criação.


O resultado foi que o “cosplayer designer” conseguiu uma boa avaliação tanto do público quanto dos jurados e profissionais especializados tanto no Brasil quanto no exterior. O desfile foi julgado por 18 pessoas, entre elas estilistas como Alexandre Herchcovitch e Oscar Metsavaht, e jornalistas como Lilian Pacce. Maurício conquistou o 3º lugar dos juízes e 1º lugar na votação popular.
São poucos ainda os designers que utilizam abertamente as influências da cultura pop japonesa em suas criações, mas ter alguém influenciado por ela com destaque numa competição oficial de uma instituição de ensino era algo impensado há 10 anos, quando as bases de uma moda brasileira ainda estavam em formação.


O cosplay nada mais é do que uma produção de figurino, baseado num desenho, ou croqui para utilizar o termo técnico em moda. O paralelo se torna claro pelo ponto de vista do designer, uma vez que o processo segue as mesmas diretrizes. Então, quando um cosplayer é rigoroso com detalhes e outros processos de sua fantasia, ele está sendo um pouco designer de moda e isso pode, a cada dia, trazer mais cosplayers para o mundo da moda, por exemplo.


Ao mesmo tempo, nem todo o cosplayer que pretende cursar uma faculdade, escolherá a opção “moda” na ficha de inscrição. Há vários fatores que determinam escolhas, como bem sabemos, e estar no mundo do cosplay não é um fator tão crucial assim para essa escolha. Agora, se você gostar mais do processo de criação do cosplay do que de vesti-lo, então, seria bom pensar com carinho na possibilidade. Lembrando também que o mundo da moda não são apenas passarelas e festas badaladas, e sim, um trabalho árduo de criação, comprometimento e muita luta para realmente ter o reconhecimento e a oportunidade de apresentá-lo numa competição ou mesmo numa semana comercial de moda.


Fica aqui a dica de quem já passou por essa etapa.

Last Updated on Monday, 11 January 2010 09:22