Home Competições World Cosplay Summit Entrevista com Peter Tatara, do New York Anime Festival

Entrevista com Peter Tatara, do New York Anime Festival

Correo electrónico Imprimir PDF
There are no translations available.

nyaflogosmall3.jpgJá em sua primeira edição o New York Anime Festival causou grande impacto nos cosplayers americanos. Além de ser um sucesso de público, o evento ainda trouxe de volta para os EUA as eliminatórias do World Cosplay Summit, ausentes do país por vários anos. Em entrevista exclusiva ao Cosplayers.net Peter Tatara, gerente de programação do NYAF nos conta sobre a escolha do Team USA, a dupla que irá representar os EUA no WCS.

petertatara.jpgCosplayers.net: Antes de mais nada, você poderia se apresentar para os nossos leitores?

Peter: Meu nome é Peter Tatara. Eu sou Gerente de Programação do New York Anime Festival. O New York Anime Festival é um evento de animes na cidade de Nova Iorque organizada por uma empresa de produção de eventos chamada Reed Exhibitions. Nós somos a maior empresa de promoção de eventos no mundo, e apesar da maioria de nossos eventos ser voltada para negócios, nós operamos eventos para fãs também - e criamos o New York Anime Festival após o enorme sucesso do New York Comic Con. Eu me envolvi com a Reed durante o New York Comic Con em 2007, como consultor para a programação de animes e comecei a trabalhar em tempo integral para eles quando começaram a planejar o New York Anime Festival. Eu sou responsável por todos os convidados, exibições, painéis, shows, concursos e praticamente tudo mais que acontece durante o evento. Antes de trabalhar para a Reed, eu era gerente de marketing na Central Park Media, uma das distribuidoras de anime mais antiga nos EUA.

Cosplayers.net: Os EUA estiveram fora do WCS por algum tempo. Qual foi a motivação para trazer as eliminatórias para o NY Anime Festival e mandar uma vez mais representantes dos EUA para o WCS?

Peter: O World Cosplay Summit é a olimpíada do Cosplay. É uma competição internacional entre os melhores cosplayers do mundo e um evento que reúne culturas e países diferentes. É uma exibição de pessoas talentosas e apaixonadas, e quando eu comecei a trabalhar no New York Anime Festival eu já queria muito levar os EUA para o evento. Apesar de ter sido selecionada no New York Anime Festival, é muito importante ressaltar que elas são o Team USA. Elas representam todo o país - não apenas o New York Anime Festival e não apenas a cidade de Nova Iorque.

Cosplayers.net: Que tipo de retorno vocês receberam (e estão recebendo) da comunidade cosplay nos EUA a respeito das eliminatórias do WCS?

Peter: Nós tivemos um retorno maravilhoso de cosplayers de todo o país que ficaram muito agradecidos por ter o WCS de volta aos EUA - e vieram grupos de longe, até da Flórida para participar esse ano. Eu admito que também houve alguma preocupação. O WCS já esteve antes nos EUA em um outro evento, há alguns anos atrás, e por causa de alguns mal-entendidos entre o evento e o World Cosplay Summit, o evento não voltou a organizar as eliminatórias. Alguns fãs americanos ainda estão preocupados com esses mal-entendidos, e eu falei com muitos, muitos cosplayers tanto sobre o NYAF quanto o WCS - e eles têm a minha palavra de que eu estou trabalhando muito próximo ao World Cosplay Summit para que os EUA e o WCS tenham um relacionamento forte e bom.

Cosplayers.net: Nos EUA as eliminatórias tiveram um formato exclusivo, diferente da forma como é em outros países, e grupos com mais de duas pessoas puderam se apresentar, apesar de apenas dois membros do grupo vencedor serem selecionados para o Team USA. Por que o NY Anime Festival escolheu esse formato, e como você acredita que isso influenciou as apresentações, de uma maneira positiva ou negativa. Houve uma razão específica para isso ou foi apenas questão de adequar as eliminatórias do WCS ao formato atual do concurso no NYAF?

Continua na página 2...

{mospagebreak}

.

.

Peter: As regras do WCS permitem apenas grupos de duas pessoas no Japão, mas no cosplay dos EUA, geralmente os grupos são compostos por mais pessoas. Nós queriamos grupos maiores participando - e tivemos muitos prêmios para grupos maiores, também - mas desde o início, nós fomos claros que apenas duas pessoas poderiam ir para o Japão, e se um grupo tivesse mais de duas pessoas, seria preciso selecionar já de início quais seriam os finalistas. O cosplay japonês e o cosplay americano são bem diferentes, e nós estamos fazendo o nosso melhor para unir os dois no New York Anime Festival.

Cosplayers.net: Você poderia nos contar um pouco sobre como foi feita a seleção dos representantes propriamente dita? Quais os critérios avaliados e quem julgou o concurso? Em outras palavras, o que o NY Anime Festival e os EUA como um todos estavam procurando em seus representantes para o WCS?

teamusa1.jpgPeter: As representantes foram escolhidas no concurso de cosplay do NY Anime Festival. Como eu disse, nós tivemos grupos até da Flórida participando, e muitas das apresentações foram espetaculares. Nós tivemos três juízes avaliando todos os participantes para o prêmio do WCS. Dois dos juízes eram cosplayers veteranos aqui dos EUA e o terceiro era um representante do World Cosplay Summit, que veio diretamente do Japão.

A pontuação foi atribuída de acordo com o sistema oficial do WCS - 1 a 10 pontos baseados no nível de detalhamento das roupas, 1 a 10 pontos baseados na qualidade da apresentação, e 1 a 5 pontos baseados na fidelidade dos grupos para com as personalidades e características das personagens que estavam representando.

Cosplayers.net: Agora que as representantes estão escolhidas, o que acontecem em seguida nos EUA, com respeito ao WCS? E sobre a final internacional no Japão, que tipo de suporte Sonnya e Renee estão recebendo/vão receber do NY Anime Festival?

Peter: Atualmente eu tenho me encontrado regularmente com a dupla ganhadora, e nós estamos trabalhando em um site oficial para o Team USA que será lançado antes do final de Janeiro. Nós queremos que os fãs americanos e de outras partes do mundo possam acompanhar o Team USA durante os preparativos para o Japão. Olhando para o futuro, eu vou viajar com a Sonnya e a Renee para o Japão para o campeonato, e também vai um tradutor em tempo integral. O New York Anime Festival está presente para apoiar Sonnya e Renee.

Cosplayers.net: Quais as expectativas do NY Anime Festival, e as suas pessoalmente, sobre o WCS no Japão?

Peter: Claro, nós adoraríamos ganhar, mas estamos muito animados apenas por fazer parte da comunidade de cosplay internacional novamente. Estamos honrados por competir no WCS e mal podemos esperar para encontrar as duplas de todo o mundo.

Cosplayers.net: Para terminar nossa entrevista, pode ser um pouco cedo para perguntar sobre isso, pois não está tudo terminado ainda. Mas considerando o que você já viu e fez até agora, você acredita que valeu a pena trazer de volta o WCS para os EUA? E para os próximos anos, os cosplayers americanos podem esperar as eliminatórias do WCS no NY Anime Festival novamente?

Peter: Sim, nós pretendemos ter as eliminatórias do World Cosplay Summit de volta no New York Anime Festival novamente! Como eu disse, eu quero uma relação boa e forte com o WCS, e eu mal posso esperar pelas próximas eliminatórias no New York Anime Festival 2008.

Entrevista: Remy
Fotos: New York Anime Festival

Última actualización el Martes 08 de Enero de 2008 09:24