Home Competições World Cosplay Summit Cosplay e WCS na Finlândia

Cosplay e WCS na Finlândia

Correo electrónico Imprimir PDF
There are no translations available.

Conforme anúncio publicado hoje no site japonês do World Cosplay Summit, a Finlândia é o mais novo país a se juntar à competição. Nesta entrevista mostramos um pouco de como é o cosplay na Finlândia, e como o país está se preparando para se juntar ao WCS.

{mosimage} No Brasil quando se fala na Finlândia talvez a primeira imagem que nos venha à mente seja a de um país nórdico e frio, onde fica a Lapônia, terra do Papai Noel. Mas a partir de hoje a Finlândia se projeta no cenário do cosplay internacional com sua participação na edição 2009 do World Cosplay Summit.

Conforme o anúncio feito hoje pelo site do WCS japonês a eliminatória finlandesa acontecerá no dia 25 de Outubro, durante o evento Helsinki Book Fair 2008. A eliminatória será promovida pelo grupo Cosplay Finland Tour, um grupo que organiza competições e exibições de cosplay naquele país.

Nesta entrevista Kyuu Eturautti, cosplayer, membro do Cosplay Finland Tour e um dos responsáveis por levar o WCS para a Finlândia nos conta sobre o cosplay e seu país, e como os finlandeses estão se preparando para sua estréia no World Cosplay Summit.

Leia a entrevista e veja como, com uma organização que parecer ser das mais fortes, apoio de grandes empresas e do governo e um histórico de muitas competições de cosplay de alto nível a Finlândia promete ser um forte competidor no WCS 2009.

 

{mosimage} Cosplayers.net: Antes de mais nada você poderia se apresentar a nossos leitores?

Kyuu: Meu nome é Kyuu Eturautti, e sou um membro do Cosplay Finland Tour (CFT). O CFT é um grupo que organiza competições e shows de cosplay em vários eventos relacionados com anime, mangá e comics por todo o país. O CFT foi fundado para facilitar os arranjos necessários para esses eventos, fornecendo os recursos técnicos necessários para todos eles. Cada evento pode ser diferente, as regras de suas competições de cosplay podem variar, mas todos precisam de recursos como sistemas de inscrições, cameras fotográficas e de vídeo, equipamentos de estúdio, etiquetas de numeração para os competidores, contatos com a mídia, prêmios e afins. O CFT fornece tudo isso, algumas vezes organizando toda a competição e outras atuando apenas como uma equipe de apoio.

 

Cosnet: Você poderia nos contar um pouco sobre o cosplay na Finlândia?

K: Até o verão de 2003 o cosplay era algo muito pequeno na Finlândia. Foi quando finalmente tivemos nossa primeira grande competição, com dezenas de participantes. O crescimento continuou em 2004 quando os meios de comunicação de massa tomaram conhecimento do cosplay. Desde 2005 começamos a ter diversas competições por todo o país e o Cosplay Finland Tour opera desde 2006. Hoje em dia temos várias competições individuais e por equipes durante todo o ano e por todo o país, desde a região sul onde fica Helsinki até o extremo norte em Kemi, na Lapônia. Nos últimos anos o cosplay tem sido mostrado em todos os principais canais de TV da Finlândia, em vários contextos diferentes.

Estimamos que existam mais de 10.000 cosplayers na Finlândia, porém apenas uma pequena parte compete em concursos. Para a maioria o que importa mesmo é passear pelos eventos com os amigos. Em Julho desse ano um grande parque na cidade de Tampere foi tomado por milhares de cosplayers que estavam indo para a Finncon-Animecon'08. Quando um evento se aproxima as ruas e parques ficam cheios de cosplayers. A idade média dos cosplayers por aqui é de 13 a 15 anos, e vem diminuindo a cada ano.

Uma grande quantidade de eventos com atividades relacionadas a cosplay são totalmente gratuitos. Tenho certeza que isso ajudou muito o crescimento do cosplay. A maioria dos grandes eventos também tem apoio do governo, através do ministério da educação.

 

Cosnet: Nós também gostaríamos de saber a respeito do Helsinki Book Fair. A julgar pelo nome não é um evento relacionado com anime/mangá/cosplay, certo? O evento tem um histórico de apoio ao cosplay ou a competições de cosplay?

K: Feiras de livros por toda a Europa frequentemente são também grandes eventos de mangá/anime. A Helsinki Book Fair, a maior feira de livros da Finlândia, tem promovido esse tipo de atividade desde o ano passado. O local é muito grande e o Helsinki Fair Center está localizado próximo a várias formas de transporte público. Naturalmente os organizadores da feira esperam que o WCS aumente a popularidade de seu evento junto ao público mais jovem.

 

Cosnet: Qual a motivação de vocês para levar o WCS para a Finlândia?

K: Foi uma combinação de oportunidade e um interesse de muito tempo. O Cosplay Finland Tour vem crescendo, mudando e procurando novas idéias desde o início. O WCS se tornou uma possibilidade depois que a companhia aérea da Finlândia, a Finnair, se interessou no assunto. O maior desafio era conseguir todas as passagens necessárias. Uma vez que isso se tornou possível com o interesse da Finnair o resto foi só trabalho duro. Felizmente os responsáveis pela Helsinki Book Fair também acharam que seria uma ótima idéia.

 

Cosnet: Como a comunidade cosplayer em seu país reagiu ao anúncio de que a Finlândia iria tomar parte no WCS?

K: Até agora não tivemos muitas reações, a notícia tem apenas um dia. Mas mesmo assim foi bastante divulgado pela mídia aqui. Muitos cosplayers mostraram interesse no assunto mas, honestamente eu acredito que a notícia os pegou desprevenidos. Nós não queríamos divulgar até que tivessemos certeza de que podíamos. Muitos dos comentários até agora têm sido de perguntas sobre detalhes, claramente há um grande interesse em participar.

 

Cosnet: Você poderia nos explicar como as eliminatórias serão organizadas? Como vocês estão avaliando os critérios para o WCS (Roupa, Performance e Fidelidade) e quem serão os juízes?

K: Nós já começamos a receber inscrições e elas continuarão abertas por aproximadamente um mês. Estamos tentando seguir as regras da final do WCS o mais rigorosamente possível. Haverá um membro da TV Aichi para participar do julgamento. Quanto aos outros juízes, ainda estamos mantendo isso em segredo por enquanto, mas esperamos trazer de dois a quatro experts locais no assunto. Os juízes vão seguir as regras do WCS para determinar as pontuações para qualidade da roupa, performance e fidelidade para com a obra original.

 

Cosnet: para terminar, na sua opinião o que uma equipe precisa ter para representar a Finlândia em sua primeira participação no WCS?

K: Acho que pensar de uma forma original será muito importante. Temos visto muitas apresentações interessantes de cosplay e performances em grupo nos últimos anos. É claro também que a obra original deverá ser lembrada, mas também há espaço para o improviso na performance.

Clique nas fotos abaixo para ver em tamanho original.

 

 

 

Mais fotos de eventos e cosplayers da Finlândia podem ser vistos nesta galeria. O site contém fotos de grande parte dos eventos realizados na Finlândia desde 2004.

Última actualización el Martes 09 de Septiembre de 2008 12:08