Home Notícias Cosplay MCM Expo bate recorde de cosplayers em Londres

MCM Expo bate recorde de cosplayers em Londres

Londrinos estabelecem nova marca para número de cosplayers de personagens de games reunidos em um único local.

Seja pela força de vontade e engajamento dos londrinos, ou mesmo pela indiferença de cosplayers e organizadores de outros países, como Japão, Estados Unidos e Brasil, a verdade é que os ingleses parecem ter realmente monopolizado o recorde mundial de cosplayers de games reunidos em um único lugar. E neste fim de semana os londrinos reafirmaram novamente o monopólio, quebrando o recorde que já era deles.

O recorde, reconhecido pelo edição especial para games do Guinness World Records, foi anunciado inicialmente em Londres, e estabelecido no dia 18 de Março de 2008. A primeira marca era bastante tímida, com apenas 80 cosplayers reunidos, dos quais 30 eram alunos de uma escola local, todos com roupas idênticas de Mario (Super Mario Bros.). Os números seguintes porém foram mais significativos, e até a semana passada o recorde era de 337 cosplayers, estabelecido em Outubro passado no London Games Festival.

Neste fim de semana porém o evento MCM Expo, de responsabilidade dos mesmos organizadores do London Games Festival, bateu novamente o recorde, contabilizando 376 cosplayers na contagem oficial.

Para aqueles que acham o número ainda pequeno, e acreditam - com razão - que um evento de grande porte no Japão, Estados Unidos ou mesmo Brasil poderia bater facilmente essa marca, há que se atentar para as regras impostas pelo Guinness para que o recorde seja reconhecido oficialmente. Além é claro das regras que determinam os personagens aceitáveis - apenas originados em video games - e outros detalhes, todos os cosplayers devem estar reunidos em um mesmo local por um tempo determinado, e precisam preencher e assinar uma ficha e serem fotografados individualmente.

Além das medidas acima, a organização do evento que pretende promover uma tentativa de quebra do recorde deve notificar previametente o Guinness World Records, que inicia então um processo de auditoria e homologação dos números do evento. O recorde só é válido depois que for anunciado oficialmente pelo Guinness.

 

Fonte:  Electronic Theatre.